Casamentos Niterói

Casamento Ju e Dani

Juliana e Daniel se conheceram na faculdade. Embora fossem da mesma turma, levou tempo para que se conhecessem de verdade. Até que Daniel resolveu conhecê-la melhor e, em 2013, começou a puxar assunto no facebook, nos corredores...e a chamou para sair. Mas como o universo planejou (para que os dois estivessem nos seus momentos certos para se encontrarem), Juliana só aceitou o convite 1 ano depois. Às vésperas de ir para um intercâmbio de 7 meses, se encontraram.“Ele me chamou para beber na Cantareira, mas eu precisava comprar um colchão inflável no shopping e chamei ele para acompanhar. O primeiro beijo aconteceu na Cantareira mesmo, mas nosso primeiro encontro foi comprando colchão no shopping. Mal sabíamos que 1 ano depois estaríamos naquele shopping de novo, comprando o nosso colchão, para nossa casa.”Na noite do primeiro encontro, o universo uniu uma aquariana a um canceriano. Mesmo com cabeças e modos de vida diferentes, sentiam e queriam muito estar juntos. Por isso, mesmo depois de 7 meses, Juliana retorna ao Brasil e marcam de se encontrarem. A partir daí, eles viam que nada conseguia separá-los - nem as palavras que às vezes insistiam em usar para tentarem fugir de um amor que não queriam por ora: Eles eram sempre empurrados de volta pra tentarem mais uma vez. Até que com o tempo foram se entregando e entendendo o amor que sentiam. Se viam todos os dias e não se cansavam. E foi nesse afã que se viram já como casados, mas sem casa.“A gente já falava sobre casamento, sobre a vontade de ficarmos juntos pra sempre. Passamos por muitas mudanças internas já no namoro, movidas pela vontade de ficarmos juntos. Mudar de casa era um passo não mais tão difícil. Por isso decidimos que, morando juntos, seria nossa forma de casar e depois pensaríamos na festa. Naquele momento, só não conseguíamos ficar mais longe e sem uma casa fixa, um canto nosso. Fomos contra família e costumes naquela decisão, mas era o que queríamos e, no final, todos nos apoiaram!”No dia anterior à mudança, Daniel surpreendeu a Juliana num passeio de carro que faziam sempre. Ele pediu para parar o carro em frente ao MAC para olharem o céu, “que estava lindo”, segundo Juliana, mas de repente:“Eu estava de costas pra ele, andando e falando sem parar sobre o céu, até que ele me puxou pelo braço e eu me virei. Ele estava ajoelhado com uma caixinha de alianças na mão e me pediu em casamento. Eu comecei a chorar e rir ao mesmo tempo. Ele sempre lembra que eu fiquei dizendo ‘eu não acredito!’. Foi realmente uma surpresa! E do jeito que sempre fizemos tudo: sem público, sem alardes, só nós dois. Foi lindo demais!”


Fornecedores:
Cerimonial: We Do Yáñez
Coroa de flores e buquê: We do Botânica
Vídeo: Brightlight
Fotógrafos convidados D51: Karine Marques e Aldo Barranco
Vestido: Stepnhanie Cachapuz
Doces: Desire Eliane Valle
Local making of, cerimônia e festa: MADD